O que foi o Feudalismo?

Anúncios

O sistema feudal também conhecido pelo nome de feudalismo, é em resumo um tipo de sistema social e político onde os proprietários de terras fornecem o seu feudo aos inquilinos em troca do seu serviço (como agricultor ou como protetor militar).

Esse sistema, prevaleceu na idade média na Europa e no Japão entre os séculos V a XV. Existiam 3 elementos que caracterizavam esse tipo de sistema: os senhores feudais (nobres), os servos e o clero. O senhor nada mais era do que o nobre que possuía terras, o servo era um ‘’trabalhador’’ (com poucos direitos e que vivia em um sistema de troca de favores) e o clero que além de cumprir as funções religiosas, podia também ser o senhor feudal.

O contexto do surgimento do feudalismo 

O feudalismo surgiu em um momento de fragmentação política romana, que foi gerada devido às várias invasões que esse império sofria, muitas pessoas tiveram que mudar da cidade para o campo (incluindo nobres).

Com toda essa mudança de cenário, surge então a necessidade da nobreza de ter novas terras. Pela falta de escravos que havia naquele momento,  foi criado um modelo de trabalho servil onde o servo passa a ter dependência das terras do senhor feudal.

Entenda um pouco sobre os servos, senhores feudais (Nobre ou Clero) e feudos

Claro que agora você ficou curioso para entender de fato como isso funcionava na prática, visto que geralmente servos em nossa mente lembra algo ligado a escravidão mas no feudalismo o comportamento entre os senhores e os servos, era um tanto quanto diferente lembrando mais um modelo de troca.

Servo

Os servos são a parte mais ‘’modificada’’ do feudalismo, para ele poder entrar para o feudo de um senhor ele precisava passar uma por um cerimônia formal e simbólica onde ele e o senhor juravam fidelidade um ao outro, atrelado também a um contrato onde ambos juravam proteção militar.

Quem era servo podia habitar as terras do senhor feudal, sustentar suas famílias que ali viveriam a cada geração em troca de obrigações, pagando impostos ou fazendo serviços.

Um fato também bizarro é que o servo tinha um certo peso nas decisões dos senhores, quando haviam conselhos por exemplo, se reuniam todos os servos juntos ao senhor do feudo para tomar alguma decisão importante, como por exemplo ir a guerra ou não.

Apesar do servo não ser um escravo como disse acima, não quer dizer que não existiam escravos de fato. Eles continuaram a existir, porém virou uma prática incomum e acabou se tornando uma classe abaixo do servo onde em sua grande maioria, eram pessoas com dívidas ou prisioneiras de guerra.

Senhor feudal (Nobre ou Clero)

O senhor tinha a responsabilidade de conceder as suas terras (feudo) ou dinheiro para que o servo utilizasse aquilo para o feudo e para a sua sustentação. A manutenção era uma obrigação do senhor feudal, pois sem ela o servo era impedido de manter tudo funcionando e a proteção também era algo que o senhor feudal deveria ajudar a fornecer.

Em resumo, o senhor era basicamente quem emprestava o terreno dele para o servo se baseando que ele lucraria e ao mesmo tempo sustentaria o servo, como um tipo de troca de serviços.

Havia também uma outra classe de senhor que poderia ser um bispo ou um abade, por exemplo, eles eram capazes de atuar como senhor caso eles quisessem. Naquela época, a igreja era muito poderosa e muitos que eram do clero, herdaram terras doadas por nobres ou até adquiridas.

Feudo

A principal moeda da relação senhor / servo era o feudo, tudo girava em torno da terra basicamente. O feudo era uma grande propriedade rural que abrigava o castelo fortificado, aldeias, terras para cultivo, pastos e bosques.

Como funcionava a economia feudal?

A economia do sistema feudal funcionava através da agricultura com o objetivo de suprir as necessidades do próprio feudo. Já havia moeda naquele tempo porém ela ainda não era tão utilizada, naquele tempo utilizavam-se mais de serviços ou da troca de objetos.

O fim do feudalismo

A crise do feudalismo ocorreu no último período da Idade Média, denominado de Baixa Idade Média (séculos XI e XV).

O feudalismo começou como um tipo de contrato, onde havia a troca da posse da terra pelo serviço militar ou outros tipos de serviços. Com o tempo, como os senhores não podiam mais fornecer novas terras a seus servos, nem fazer valer seu direito de realocar terras que se tornaram de fato propriedade hereditária, o feudalismo tornou-se menos sustentável como uma relação de trabalho.

Revolta dos camponeses [Foto: Wikimedia]

Outros fatores também deram fim ao feudalismo, são alguns deles:

• Guerras, doenças e excesso de trabalho, fizeram com os servos se revoltassem com os seus senhores feudais e buscassem as cidades para uma melhor qualidade de vida.

• O crescimento do capitalismo mercantil necessitava de uma expansão dos comércios e ampliação dos lucros, tirando as necessidades de sobrevivência apenas da sociedade rural. A sociedade passaria a não viver mais de escambo ou trocas, haveriam moedas e até bancos que mais tarde se tornaram a base da riqueza da Europa.

• A necessidade da nobreza de aumentar a arrecadação de dinheiro para custear gastos públicos assim como para acelerar o processo de urbanização que iria expandir ainda mais o comércio e o lucro.

• O crescimento populacional foi um dos principais fatores a acabar com o feudalismo, pois fez com que surgisse uma nova classe social conhecida como burguesia, que focava especificamente em pessoas que iriam ter os bens de produção ou capital localizado nos centros urbanos ( por isso o nome burgus que em latim significa ‘’cidade’’).

Com o crescimento populacional e a ascensão da burguesia, houve um grande impulsionamento de habitantes dos feudos para as cidades em busca de moradias, trabalho e serviços. O resultado dessa ascensão foi uma alta expansão comercial e urbana que fez com que a nobreza e a igreja acabassem perdendo poder, dando fim a Idade Média e início a Idade Moderna.

A matéria acabou mas muita calma nessa hora!

Já pensou em aprender a desenhar do zero, o que você quiser? O curso da Método Fanart já ajudou mais de 100 mil pessoas de todas as idades a realizarem o sonho de aprender a desenhar.

Clique aqui e prepare-se!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: