A cidade proibida da China

Anúncios

Localizada no centro de Pequim, a Cidade Proibida foi o palácio imperial durante as dinastias Ming e Qing (1368 – 1911). Agora ela é conhecida como Museu do Palácio Imperial, abrangendo 74 hectares e possuindo um muro gigante de dez metros de altura, além disso esse local foi considerado Patrimônio da Humanidade em 1987, sendo o mais bem preservado complexo de palácios construídos em madeira do mundo.

A Cidade Proibida foi o lar de 24 imperadores e suas famílias, atuando como o centro cerimonial e político do antigo governo chinês ao longo de 500 anos. Depois que o último Imperador da China deixou o palácio, ele se tornou um museu aberto ao público em 1925. 

Um dos lugares luxuosos cheio de artefatos chamado trono no Palácio da Pureza Celeste (Foto: Nicor)

Esse palácio é composto por 980 edifícios que são altamente peculiares tanto internamente quanto externamente. Dentro desses edifícios existem mais de 1,8 milhões de peças da dinastia Ming e Qing, incluindo: artes, caligrafias, pinturas antigas, artefatos imperiais, livros e arquivos antigos.

Assim é divida a cidade proibida (Foto:  Tommy Chen e Sumple)

Existe também uma divisão da Cidade proibida, são elas: o Pátio Externo ao sul e o Pátio Interno ao norte. No pátio externo tem grandes locais abertos, alguns edifícios maiores e que era usado principalmente para cerimônias e eventos públicos; o pátio interno era mais reservado porque era onde ficavam os alojamentos imperiais, com prédios menores e jardins. 

A Cidade proibida tem uma média de 15 milhões de visitantes anualmente desde 2012 e devido a essa pressão crescente, a administração estabeleceu um limite diário de 80.000 visitantes desde 2015 para proteger a estrutura e a melhorar a experiência de quem visita esse lugar. 

Fatos interessantes sobre a cidade proibida:

• Levaram 14 anos para construírem a cidade proibida (1406 – 1420).

• Esse local era considerado um lugar divino, era proibido para as pessoas comuns e por isso a Cidade Proibida é chamada dessa forma.

• A segurança deste local era surreal, além de um muro gigante, existem torres de vigia em cada canto da cidade. A parte interna destinada aos imperadores contava com um portão, chamado portão meridiano, onde só o imperador poderia passar e lá eram dadas ordens militares para os soldados.

• Existem edifícios exóticos dentro desse local, eles vão de temática europeia à temática árabe.

• A cidade proibida possui uma grande distância da natureza, além de usar madeira em tudo praticamente, os imperadores não queriam que tivessem árvores no local e também não queriam que passarinhos pousassem nos telhados (literalmente eles são projetados para isso).

• Essa cidade foi redesenhada para ter 9.999 ½ quartos. Falta metade de um quarto para evitar perturbar o Deus do Céu (que se acreditava ter 10.000 quartos em seu palácio celestial).

A matéria acabou mas muita calma nessa hora!

Já pensou em aprender a desenhar do zero, o que você quiser? O curso da Método Fanart já ajudou mais de 100 mil pessoas de todas as idades a realizarem o sonho de aprender a desenhar.

Clique aqui e prepare-se!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: