Quem criou a primeira lâmpada ?

Anúncios

Não é muito fácil imaginar como vivíamos em uma época onde usávamos óleo e querosene para abastecer nossas lâmpadas que mal iluminavam e ainda geravam uma despesa absurda para manter todas acesas. Esse destino estava prestes a mudar com a energia elétrica e também com a bateria no início do século XIX graças ao Sir Humphry Davy, um grande químico e inventor da época e muitos outros inventores.

Energia elétrica

Alessandro Volta ao lado da pilha voltaica [Foto: Inmesol]

Primeiro, para falarmos de lâmpada, precisamos começar com a energia elétrica que começou com o inventor italiano Alessandro Volta que havia criado o primeiro método prático de geração de eletricidade, a pilha voltaica.

Essa Pilha Voltaica tornou possível para os cientistas fazerem experimentos com correntes elétricas em condições controladas sendo também a primeira bateria/gerador estático que existiu. A composição dela é relativamente simples (parecia uma pilha gigante), ela possuía discos de prata, zinco e um disco de papelão dentro de uma solução de salmoura tendo as extremidades da pilha ligadas com fio condutor externo.

Lâmpada incandescente

Humpry e a sua lâmpada [Fonte: engineerswalk]

Humphry Davy em 1802 fez a primeira lâmpada incandescente de forma que passasse corrente elétrica através de uma tira de platina como um filamento, pelo fato de possuir um ponto de fusão muito alto. O teste fez com que a luz acendesse por um curto período de tempo e ela mal iluminou o ambiente, porém aquilo tinha um alto peso para ciência pois teria sido a primeira vez em que uma lâmpada teria sido ligada por energia elétrica.

Humphry havia feito com que vários inventores soubessem do seu feito e rapidamente, iniciou-se uma corrida ao redor de sua invenção, foram mudando cada vez mais os filamentos e o invólucro da lâmpada para obter uma maior duração até que ela simplesmente conseguisse ficar ligada a uma alta temperatura.

Thomas Edison e Joseph Swan, chegam para revolucionar de vez a invenção, tendo testado cerca de 6.000 materiais diferentes para fazer filamentos, desde liga metálicas até bambu, além de ter realizado muitos testes para literalmente entrar na história. A tentativa bem sucedida foi com a linha de costura de algodão carbonizada para o filamento, onde Thomas e o inventor Joseph Swan conseguiram manter a lâmpada ligada por 2 dias.

Após o projeto bem sucedido dos dois inventores, não demorou para que se inicia-se a comercialização em grande escala das lâmpadas incandescentes em 1879.

A matéria acabou mas muita calma nessa hora!

Já pensou em aprender a desenhar do zero, o que você quiser? O curso da Método Fanart já ajudou mais de 100 mil pessoas de todas as idades a realizarem o sonho de aprender a desenhar.

Clique aqui e prepare-se!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: