A construção do Cristo Redentor

Famoso por ser a 7º maravilha do mundo moderno, o Cristo Redentor é uma estátua que retrata Jesus Cristo e que fica localizada no Rio de Janeiro no morro do Corcovado a incríveis 709 metros acima do nível do mar. 

O Cristo Redentor é feito de concreto armado e pedra-sabão. Tem trinta metros de altura, sem contar os oito metros do pedestal, e seus braços se esticam por 28 metros de largura. A estátua pesa 1145 toneladas e é a terceira maior escultura de Cristo no mundo, menor apenas que a Estátua de Cristo Rei de Świebodzi na Polônia (a maior escultura de Cristo no mundo) e a de Cristo de la Concordia na Bolívia (a segunda maior escultura de Cristo no mundo).

Ideia da construção

Morro do corcovado ainda sem o cristo

O começo da ideia foi em 1859 quando o padre Pedro Maria Boss sugeriu à princesa Isabel que fosse erguido um símbolo religioso no topo do morro do Corcovado. Ela até aprovou a ideia, porém ela não aconteceu. Nesse período o Brasil deixou de ser um império e passou a ser uma república, o que basicamente travou os trabalhos, isso porque o estado era a favor da separação com a igreja.

Apenas em 1912, o cardeal Dom Joaquim decidiu ressuscitar o projeto, mostrando o poder que a igreja tinha no Brasil.  Demorou ainda cerca de nove anos para colocar o projeto no papel após fazerem um abaixo assinado com mais de 20 mil assinaturas que foi entregue e aceito pelo presidente Epitácio Pessoa.

Construção

Primeiro projeto do Cristo Redentor desenhado por Heitor da Silva Costa

Em 1923 o engenheiro brasileiro Heitor da Silva Costa, após um concurso, teve o seu projeto escolhido e foi ele o responsável por construir o monumento. É válido lembrar que o projeto também teve a participação do arquiteto francês Paul Landowsky e do Gheorghe Leonida que juntos projetaram a cabeça e as mãos do Cristo na França.

Imagem por visitriodejaneiro

Um grupo de engenheiros e técnicos estudaram as apresentações de Landowski e tomaram a decisão de construir a estrutura em concreto armado (projetado por Albert Caquot) em vez de aço, mais adequado para uma estátua em forma de cruz. As camadas exteriores são feitas de pedra-sabão, escolhida por suas qualidades duradouras e facilidade de uso. 

A principal dificuldade na construção foi a altura de mais de 700 metros que tornaram a logística dos materiais bem complicada, com o espaço no pico do corcovado muito curto, o canteiro de obras tinha apenas 15 metros de diâmetro. Fatores climáticos também prejudicaram bastante, como por exemplo o calor e descargas elétricas que até hoje geram problemas pelo fato do cristo estar muito alto, exigindo bastante manutenção.

Para garantir a melhor conservação da estátua, foi necessário buscar uma tecnologia utilizada na extração de petróleo e na construção de navios e levá-la para o monumento. Uma tela de titânio foi doada pela empresa norte-americana Corrpro Inc que revestiu todo o interior da estátua. Para proteger ele externamente do sal do mar, usou-se também uma argamassa, composta de: areia, açúcar e óleo de baleia .

Essa incrível construção teve como custo o equivalente a 250 mil dólares (ou 3,3 milhões de dólares em valores de 2014). O monumento foi inaugurado oficialmente em 12 de outubro de 1931, atualmente segue bem preservado e visitado por turistas de todo o mundo.

Designação como 7º Maravilha do mundo

No dia 7 de julho de 2007, em uma festa realizada em Portugal, o Cristo Redentor foi incluído entre as novas sete maravilhas do mundo. A decisão, após um concurso informal, foi baseada em votos populares (internet e telefone), votação que ultrapassou a casa dos cem milhões de votos. 

A UNESCO mais tarde criticou o fato da escolha não só do cristo redentor mais de todas as maravilhas pelo fato de terem muito mais do que 7 maravilhas do mundo. O principal fundamento era que as escolhas foram feitas de forma informal sem levar em conta valor histórico e vários outros fatores. Mais tarde a UNESCO veio a comentar sobre isso falando apenas que não gostaram muito das escolhas porque isso desfavorecia outros sítios que não foram escolhidos.

Mesmo com essa questão, a UNESCO parece bem com isso e apoia que esses monumentos continuem sendo preservados e reconhecidos.

O conteúdo acabou mas temos algo a oferecer antes de você encerrar essa matéria, já se imaginou garantindo o seu futuro com jogos?

O curso GAME ART TOTAL tem o objetivo de ensinar os alunos a criarem artes para jogos 2D e 3D, desde os primeiros passos.

CURSO GAME ART TOTAL Funciona? Crie artes profissionais para jogos!Clique Aqui e se prepare para criar um jogo TOP!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: