Como surgiu o miojo no Brasil?

A história do miojo começa pós Segunda Guerra Mundial, com um Japão destruído pela guerra e com pessoas passando fome, passando por um período de falência um japonês teve a ideia de criar algo para aquele período de escassez que fosse rápido e combatesse a fome do máximo de pessoas possível.
miojo nissin historia brasil
Macarrão Instantâneo [Foto: Folha da Região]
A invenção nasceu em 1958 chamado de ” Chicken Ramen ” (o sabor favorito da galera é também o mais antigo), foi criada por Momofuku Ando e a inovação do macarrão instantâneo estava na verdade relacionada ao tempo que ele levava para ficar pronto, os famosos 3 minutos.
criador do miojo
Criador do macarrão instantâneo Momofuku Ando [Foto: Famous People]
Como todas as comidas demoravam um tempo alto para ficarem prontas, foi fácil o macarrão instantâneo fazer um grande sucesso, então várias marcas de comida abraçaram a ideia e um delas se chamava Myojo Foods Company que já existia antes de tudo isso no Japão mas era especializada em outras massas.
Uma comida diferenciada e rápida atraiu vários consumidores do mundo todo, o Brasil foi um desses países que está no Top 10 de consumo de miojo no mundo, quem pegou a ideia foi o Taiwanês Ko Kim Pyo em 1965 e começou a fabricar o macarrão aqui, abrindo uma empresa com o nome de Myojo (dai veio o nome para nós brasileiros).
Bizarramente ainda existiu um problema judicial, afinal a empresa tinha o mesmo nome da empresa japonesa Myojo Foods Company, então a empresa Myojo do brasil foi processada, o que obrigou ele a trocar o nome para ” Miojo ”, a confusão foi benéfica pra marca e aumentou a popularidade do macarrão aqui no Brasil.
Tamanho da Nissin atualmente [Foto: miranteimagens]
A Nissin é  hoje a empresa mais popular do mundo quando se fala de miojo e não é atoa, ela comprou a empresa Miojo e até precisou manter o nome de tanto que se popularizou no Brasil, deixando o nome como ” Nissin Miojo” mas não podemos esquece dos problemas do passado, o processo vencido pela companhia japonesa Myojo Foods forçou a Nissin a fazer parte do mesmo grupo.
Museu do Miojo em Ikeda [Foto: allomamantoutvabien]
Com a popularidade monstruosa, criou-se até um museu dedicado ao lamen em Ikeda que levou até macarrões para o espaço, em 2005 a Nissin teve a ideia de produzir um macarrão para ser consumido pelo astronauta japonês Soichi Noguchi durante uma missão especial da nave ” Discovery ”.

Esperamos que tenha gostado do conteúdo, não esqueça de acompanhar a gente em nossas redes sociais:

instagram - ícones de social grátis Instagram:  Clique aqui

Facebook – entre ou cadastre-seFacebook: Clique aqui

Pinterest Archives » Revista InternetPinterest: Clique aqui

 Twitter:  Clique aqui

Linkedin - ícones de mídia social grátis Linkedin: Clique aqui

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: